Unikap
 

 

 
 

VENCEDORES - 2ª EDIÇÃO

 
 

CATEGORIAS:

CATEGORIA: PROJETOS PARA A EXECUçãO DE INSTALAçÕES

Prêmio Ouro: Comgas – elaborado em conjunto com o Sr. Antônio C. Cardoso
Título: Carenagem para medidores residenciais.

As características urbanísticas das cidades brasileiras e dos mercados das indústrias de rede direcionaram ao uso de sistemas de medição remota no Brasil para o segmento residencial de gás. A sua demanda surgiu no Brasil em 1996 e foi expressa em fóruns de discussão na então existente Agência para Aplicação de Energia do Estado de São Paulo e no Secovi-SP. A razão desse anseio foram as possíveis economias obtidas pelas construtoras com o uso dessa tecnologia, tanto no que tange à execução das instalações internas como no que se refere à disponibilidade adicional de uma ou mais vagas na garagem devido à inexistência de abrigos para medidores no térreo.

Diante dessa realidade, sistemas de medição remota começaram a ser utilizados em condomínios de edifícios de apartamentos. Em 1997, foi instalado o primeiro sistema de medição remota em um edifício servido por gás natural em São Paulo.

O Case relata a criação e utilização de um acessório para a proteção dos medidores e das válvulas de bloqueio digital. Hoje ele é considerado fundamental para a implementação de sistemas de medição remota em edificações residenciais com sucesso.

Acreditamos que este Case represente uma contribuição para a implantação de novas tipologias de instalações residenciais de gás no Brasil e, conseqüentemente, para o desenvolvimento do setor.

 

Prêmio Prata: SENAI – Escola Oscar Rodrigues Alves
Título: Sistema de climatização tipo VRF.

O projeto consiste em elaborar um sistema de climatização do tipo VRF (do inglês: Variable Refrigerant Flow) ou VRV - Volume de Refrigerante Variável que é uma designação de um sistema modemo e versátil de ar condicionado central do tipo Multi-Split. A substituição de sistemas de climatização antigos, que consomem uma grande quantidade de energia elétrica e água, vêm se tornando cada vez mais rotineiros com a nova política mundial de preservação do meio ambiente. Aproveitando o ensejo, associamos o problema existente na escola com o desenvolvimento da Disciplina de Projetos do curso Técnico em Refrigeração e Climatização no 4 módulo, formando uma equipe de alunos, com orientação de professores, que elaboraram um projeto para atender essa necessidade. Simples, eficiente, econômico são as palavras que definem exatamente esse sistema que substituirá as instalações existentes, irá completar os locais desprovidos de conforto térmico, além de ser utilizado futuramente como recurso didático-pedagógico nas aulas. O sistema proporciona as seguintes vantagens:

  • Operação e controle individual por ambiente;
  • Combinação de tecnologia eletrônica com sistemas de controle microprocessados:
  • Economia de tempo e mão-de-obra;
  • Grande facilidade de adaptação em estruturas já existentes;
  • Baixo nível de ruído e consumo elétrico;
  • Versátil e flexível (composto de expansão modular).

Acreditamos que esse Case represente uma possibilidade de solução para os problemas descritos pelo cliente e proporcione alternativas para agregar conhecimento entre alunos, professores e todos os envolvidos.

Prêmio Bronze: Comgás – elaborado em conjunto com a Concremat Engenharia
Título: Estudo de soluções arquitetônicas em fachadas e ambientes externos para ocultamento de prumadas de gás em edificações residenciais.

Trata-se de um trabalho voltado a aumentar as conversões de instalações residenciais para o gás natural na Região Metropolitana de São Paulo, incluindo a venda de aquecedores a gás. Sem dúvidas, a camuflagem das tubulações de gás e hidráulica leva a uma aceitação melhor do combustível por parte dos clientes no ato da venda. Por isso, foi feito um trabalho de soluções arquitetônicas para camuflagem de tubulações de gás natural nas prumadas externas de prédios com chapas metálicas e também a camuflagem da rede hidráulica interna nas instalações de aquecedores a gás natural com sancas em poliuretano.

Foram feitas diversas consultas com fornecedores desses materiais e desenhos técnicos, exemplificando como seria feita a instalação.

Os projetos-piloto foram executados e avaliados por uma equipe técnica da Comgás e Concremat.


Prêmio Bronze: IPETEC – Instituto de Pesquisas Tecnológicas de Mato Grosso do Sul - elaborado em conjunto com a Petrobrás e com a Lao Indústria
Título: Restritor de fluxo de gás natural microcontrolado acoplado a sistema de medição pré-pago.

O Restritor de Vazão de Gás Natural Microcontrolado Acoplado a Sistema de Medição Pré-Pago, é um projeto de pesquisa e desenvolvimento que foi realizado com aporte de recursos da PETROBRÁS e FINEP e que teve como intervenientes as empresas MAXAUTO, NASTEK e LAO. Concebido com alimentação independente e autonomia média de bateria de 05 anos, o medidor de gás natural pré-pago obtido possui uma série de funcionalidades implantadas que o tornam um equipamento inovador, sem similar no mercado. O usuário insere no medidor um cartão com os créditos de gás natural, que são gravados automaticamente em sua memória de massa, desbloqueando a válvula interna de controle de fluxo. À medida que o gás vai sendo consumido, os créditos vão sendo subtraídos da memória, até que sejam zerados. Nesse instante, há a atuação da válvula, interrompendo o fluxo de gás até que novos créditos sejam inseridos. O cartão pode ser recarregado em postos credenciados ou pela internet. A leitora de cartão do medidor, após receber os créditos, grava no próprio cartão o histórico de consumo do cliente. No momento em que o cartão é recarregado, esses dados de histórico são encaminhados automaticamente para o banco de dados da distribuidora, possibilitando, ao longo do tempo, a supervisão de consumo de cada cliente. O equipamento é de baixo custo e foi desenvolvido para atender as classes de consumidores de gás natural residencial. A implantação do sistema desenvolvido possibilita uma série de benefícios, como, a redução de custos com cobranças de faturas, cortes e religação, redução de inadimplência e praticidade aos usuários de condomínios. O protótipo já está em fase de certificação e ainda em 2007 será implantado no país.

CATEGORIA: MÉTODOS E PROCESSOS NA EXECUçãO DE INSTALAçÕES – EMPRESAS INSTALADORAS

Prêmio Ouro: Citel
Título: Conservação de energia elétrica

OBRA: ILUMINAçãO DA PONTE PENSIL - SÃO VICENTE/SP

Estrutura localizada no Mar Pequeno, na cidade de São Vicente, tombada em nível estadual pelo CONDEPHAAT, construída pela empresa alemã Bruckenbarcanstalt e planejada pelo engenheiro sanitarista Saturnino de Brito, foi inaugurada em 21 de maio de 1.914.
Por se tratar de importante Patrimônio Histórico Estadual e em operação, a Prefeitura da Estância Balneária de São Vicente, através da sua Companhia de Desenvolvimento CODESAVI, mantém um sistema de iluminação local, não só como forma decorativa, mas também objetivando o fator segurança, aos transeuntes, que dela se utilizam diariamente para seu deslocamento.

Por se tratar de um Sistema que opera todo o ano, o consumo de energia elétrica também foi um fator preponderante na busca de um sistema com um resultado mais eficiente. Pelo local onde se encontra: Uma Ponte sobre o Mar, e o ambiente que o sistema de iluminação está exposto: Maresia, tal sistema sempre requereu freqüentes intervenções. Então como maior desafio, tínhamos: maior vida util e menor consumo de energia elétrica.

Fomos então buscar um material, que mantivesse o mesmo efeito decorativo do sistema de iluminação existente, porém aliando: maior vida útil e menor consumo de energia. O LED (Lightning Emission Diod) foi a solução adotada.

RESULTADOS:

Detalhamento maior dos contornos
Vida útil do sistema
Conservação de energia

Com certeza o fator principal alcançado, foi a redução no consumo de energia do sistema de iluminação. Confiram abaixo, os números são impressionantes:
SISTEMA INCANDESCENTE:   72,0 KILOWAT/HORA.
SISTEMA LED:                              9,6 KILOWAT/HORA.
É isto mesmo, uma redução da ordem de 80% no consumo de energia.

Prêmio Prata: Caltherm – elaborado em conjunto com a Construtora Cyrela.
Título: Racionalização do sistema de instalação de centrais de água quente.

O case mostra a economia gerada com a aplicação de metodologia detalhada de sistemas de aquecimento de água, determinando todas as variáveis de utilização e o estudo de diversos equipamentos que podem contribuir para as variações de projetos. Foi estudado estes parâmetros em um estudo de caso,que é um edifício residencial de 25 andares com 250 apartamentos, onde estava previsto a instalação de 3 reservatórios de 3.000 litros de água quente conjugados, cada, com 3 aquecedores de 26.400 kcal/h cada. Através da nova metodologia adotada, foi instalado apenas um reservatório de 6.000 litros de água quente conjugado com 12 aquecedores de 26.400 kcallh cada. Esse projeto gerou uma economia de mais de 30% na aquisição dos equipamentos (infra-estrutura) e na operação e manutenção do sistema. Essa eficientização beneficia o consumidor final devido as menores contas de consumo de energia e a construtora por reduzir o custo de aquisição dos equipamentos.


CATEGORIA: MÉTODO E PROCESSOS NA EXECUçãO DE INSTALAçÕES – CONSTRUTORAS, DISTRIBUIDORAS E CONCESSIONÁRIAS

Prêmio Ouro: Sky
Título: Gestão Parceiro - Padronização dos processos de execução e gestão de serviços.

Desafio:
 - Como padronizar em âmbito nacional, os processos de execução e gestão dos serviços de uma rede de empresas 100% terceirizadas?.

Solução:
 - Criar um processo de padronização de procedimentos visando a excelência na execução e gestão de serviços, o qual chamamos de: Gestão Parceiro.

Focando:

  1. Pontualidade;
  2. Qualidade e efetividade na execução do serviço;
  3. Satisfação e comunicação com o cliente;
  4. Ações preventivas e corretivas em caso de inviabilidade.

Estratégia:

  1. Mapear o processo em campo (fora para dentro);
  2. Homologar o conteúdo e padronizar linguagem de atendimento;
  3. Treinar regionalmente (multiplicadores) e motivar executores a manter a padronização em todo território nacional;
  4. Utilizar materiais de fixação (apostilas, banners, cartões de bolso e formulários)

Implementação:

  1. A implementação foi faseada por representatividade de serviços de modo que cobrimos todo território nacional em menos de 30 dias.

Resultados:

  1. Treinamento de 100% Parceiros Masters, responsáveis por 88% dos serviços com metodologia simples e rápida;
  2. Aumento de instalações realizadas no prazo;
  3. Redução de reclamações de não conformidades;
  4. Redução de rechamados por dúvidas de manuseio do equipamento e controle remoto;
  5. Aumento no grau de satisfação dos clientes em relação ao serviço realizado;
  6. Apoio para reconhecimento pelo mercado do Premio Consumidor Moderno de excelência em serviços ao cliente;

Case de sucesso internacional em implementação em diversos países da América Latina

Prêmio Prata: Liquigás
Título: Método de montagem de tubulações e equipamentos de centrais provisórias de GLP no aquecimento de esferas para alívio de tensões.

Método de instalação de central provisória de GLP, para sistema de aquecimento de esferas durante processo de alívio de tensão, composto de pré-montagem de rede, equipamentos e suportes para alinhamento da tubulação.
O método aqui apresentado não se limita a sistema de alívio de tensões para aquecimento de esferas, podendo ser aplicado em quaisquer situações onde seja necessário a redução do tempo de instalação e cuidados adicionais em condições de adversas de segurança.

Prêmio Bronze: Liquigás
Título: Central provisória para fornecimento de gás liquefeito de petróleo para a Pira Olímpica - Pan 2007.

Ao recebermos uma solicitação do Comitê Organizador dos Jogos Pan-Americanos 2007 para realizar um estudo detalhado para fornecimento de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) para a Pira Olímpica localizada no Estádio Maracanã durante os jogos olímpicos, no Rio de Janeiro, nos deparamos com um desafio: realizar uma obra de grande porte em tempo recorde para os padrões habituais.
Para tanto, definimos que para essa obra seria necessária uma central provisória de fornecimento de GLP, ao invés de uma central definitiva, haja vista a necessidade de desmontagem das instalações após o encerramento dos jogos. A central deveria ser composta por um estoque mínimo de 51 toneladas de gás, inclusive dotada de um sistema de vaporização forçada com backup e sistema de proteção contra incêndio independente, observando-se todos os requisitos de segurança necessários para obra deste porte.
Assim, a central provisória nos proporcionou uma relação custo/benefício mais vantajosa, além da redução do prazo de montagem e entrega das instalações.
Aproveitando-se da localidade destinada às instalações, embora não fosse num primeiro momento a mais apropriada tecnicamente, firmou-se ainda mais a associação da marca Liquigás ao patrocínio do PAN RIO 2007, que foi realizada através de placas devidamente confeccionadas e de adesivos em torno da central, com grande visibilidade para o público transeunte.


CATEGORIA: MÉTODOS E PROCESSOS NA EXECUçãO DE INSTALAçÕES – CONSTRUTORAS, DISTRIBUIDORAS E CONCESSIONÁRIAS EM CONJUNTO COM EMPRESAS INSTALADORAS

Prêmio Ouro: Comgas – elaborado em conjunto com a Merlini Engenharia
Título: A facilidade de instalação dos fogões com a utilização do tubo flexível rotativo.

O Case consiste no aperfeiçoamento da metodologia e processo utilizados para a instalação de fogões com a aplicação de novas tecnologias na fabricação de tubos flexíveis rotativos, possibilitando que eles mantenham a condição de rotação da conexão mesmo após a sua fixação ao produto ou fonte de alimentação de gás. Isso soluciona a dificuldade existente nas instalações em que o ponto de alimentação do gás está do lado oposto ao do ponto de conexão no fogão.

Os principais fatores para viabilizar a conquista de novos clientes são os custos mais baixos e melhorias na velocidade com que se consegue instalar os fogões com qualidade e segurança. Isso vale principalmente nos casos de conversão dos aparelhos em obras de mutirão, onde há uma grande quantidade de aparelhos e modelos a serem convertidos, ou seja, aparelhos que utilizavam gás liquefeito de petróleo (GLP) e passarão a usar gás natural. Essas conversões também são associadas à adequação de ambientes para o atendimento das normas técnicas vigentes no país.

Trabalhamos em parceria com fabricantes de tubos flexíveis no desenvolvimento de uma nova opção, utilizando conexões rotativas, de forma a permitir sua rotação mesmo após instalado, ou seja, de maneira permanente. Isso evita a torção do mesmo.

Com o desenvolvimento desse novo tubo flexível rotativo, foi possível realizar instalações de fogões com maior velocidade e custos mais baixos, facilitando o crescimento no número de clientes em que se tornou viável a conversão dos aparelhos para o gás natural. Também tornou-se mais fácil a penetração no mercado para a instalação dos novos fogões e fornos.

Com essas ações, estamos revendo e ajustando as condições de instalações dos aparelhos de queima a gás natural, buscando acompanhar as evoluções constantes, decorrentes das alterações tecnológicas, com respeito aos direitos do cliente.

Prêmio Prata: Ultragaz – elaborado em conjunto com a O.M. Prado Montagens e Instalação.
Título: Solução Energética.

No projeto de conversão energética do condomínio residencial, foi realizado um estudo detalhado com implantação de um pacote de serviços que inter-relacionou tecnologias,garantindo a melhor solução técnica e financeira para o cliente.
No estudo, identificou-se que o sistema de aquecimento de água do prédio era ineficiente e que o sistema de rateio da conta de gás entre os moradores estimulava o desperdício e contribuía com o alto custo na conta de gás.
Foram estudados diversos equipamentos e opções de instalação. Concluiu-se que a melhor solução seria trocar o módulo central de água quente por aquecedores individuais em cada apartamento, caracterizados pela alta eficiência e pelo baixo consumo específico.
O segundo passo foi estudar sistemas de medição individual de gás que atendessem às leis e normas regulamentadoras e fossem viáveis financeiramente. Outro desafio referia-se à execução da instalação, que deveria ser rápida e prática, visto que o prédio estava completamente ocupado.
A equipe técnica da Ultragaz buscou conciliar um sistema que fosse de alta funcionalidade, que eram fundamentais para otimizar os ganhos de eficiência no processo, e com o menor custo possível. Desta forma, foi implantada uma central de medição individual inteligente, que capta um sinal gerado pelo medidor de gás e envia para uma central que armazena todas as informações e as disponibiliza instantaneamente, através de um computador, para administração do síndico.

O resultado do projeto foi um grande sucesso: reduções nos gastos com a conta de gás da ordem de 79% por condômino, além de ganhos em estética, em questões ambientais, com economia de materiais, no respeito à privacidade dos condôminos, com o sistema de leitura independente e na confiabilidade da leitura.

CATEGORIA: TREINAMENTO E QUALIFICAçãO DE MÃO DE OBRA NA EXECUçãO DE INSTALAçÕES - CONSTRUTORAS, DISTRIBUIDORAS, CONCESSIONÁRIAS, INSTITUIçÕES DE ENSINO E DE PESQUISA

Prêmio Ouro: SENAI – Escola Oscar Rodrigues Alves
Título: Treinamento de mecânicos refrigeristas (GTZ - Proklima).

Atenta as inovações tecnológicas e transformações de mercado e da economia brasileira, principalmente as ações voltadas sociedade e ao meio ambiente, a Escola SENAI "Oscar Rodrigues Alves" promove o treinamento de "Boas Práticas de Refrigeração e Climatização - Proklima" para instaladores I mecânicos refrigeristas, gratuito, em parceria com a GTZ, órgão de cooperação técnica do governo da Alemanha, visando qualificar os instaladores da área na conscientização para contenção de fluidos refrigerantes CFC 12, liberados na atmosfera, contribuindo para a conservação da camada de Ozônio.

A estratégia do programa contempla capacitar, em âmbito nacional, 35.000 técnicos do setor de refrigeração até 2008. A Escola SENAI "Oscar Rodrigues Alves" é considerada referência na área e contribui significativamente para obtenção das metas acordadas com Ministério do Meio Ambiente - MMA e a GTZ. O treinamento é uma das ações previstas no Plano Nacional para eliminação de Cloro Flúor Carbono - CFC no Brasil, conduzido pelo Governo Brasileiro em parceria com entidades internacionais, baseado no Protocolo de Montreal.

Prêmio Prata: Sky
Título: Treinamentos e certificação à distância para técnicos-instaladores Sky.

A implantação de cursos à distância quebrou a barreira da capilaridade.

Todos os técnicos-instaladores da SKY possuem acesso aos treinamentos à distância e podem realizá-los do local que desejar e a qualquer momento.

Desta forma o objetivo é levar conhecimento de forma rápida ao maior público possível, padronizando as informações da empresa à todos aqueles que prestam serviços e devem conhecer bem o produto e sistema que instalam na casa dos clientes.

Com a implantação deste modelo de treinamento foram alcançados vários resultados positivos, que são:

  1. Reciclagem de 100% dos técnicos-instaladores SKY;
  2. Treinamento de 100% de todos os novos técnicos-instaladores que iniciam seu trabalho na empresa SKY;
  3. Melhora na qualidade da instalação;
  4. Melhor atendimento, principalmente em relação a sua postura na casa do cliente;
  5. Redução de rechamados por dúvidas de manuseio de equipamento e controle remoto, pois o técnico é treinado e treina o cliente.
  6. Redução de revisitas por problemas técnicos após realização da instalação.

Agregado aos treinamentos à distância, há o Provão Técnico, que visa aprimorar e acompanhar o desenvolvimento dos técnicos-instaladores que prestam serviço para o campo.

Através dos resultados do Provão Técnico é possível identificar a necessidade de desenvolvimento e disponibilização de treinamentos específicos.

Com todas estas ações e seus resultados, percebemos que os cursos à distância melhoram visivelmente o resultado do negócio, além de incentivar as pessoas que gostariam de voltar a estudar através da disponibilização de cursos e incentivos na realização de cursos técnicos e do SENAI

Prêmio Bronze: Comgas – elaborado em conjunto com o SENAI Orlando Laviero Ferraiuolo.
Título: Treinamento para docentes - formação de multiplicadores de SSM.

O objetivo deste case era formar multiplicadores de temas de Saúde, Segurança e Meio Ambiente (SSM) com a competência de adequar a linguagem do treinamento aos diferentes públicos. No case, foi utilizada a técnica da fenomenologia, ou seja, a busca do aprendizado a partir da valorização da experiência do adulto. Esses multiplicadores devem atuar dentro das empresas contratadas, buscando eliminar os incidentes com perda de tempo entre os contratados e subcontratados.


CATEGORIA: TREINAMENTO E QUALIFICAçãO DE MÃO DE OBRA NA EXECUçãO DE INSTALAçÕES - CONSTRUTORAS, DISTRIBUIDORAS, CONCESSIONÁRIAS, INSTITUIçÕES DE ENSINO E DE PESQUISA EM CONJUNTO COM EMPRESAS INSTALADORAS

Prêmio Ouro: Comgas – elaborado em conjunto com a Caltherm e com o SENAI Roberto Simonsen.
Título: Treinamento de mão-de-obra para conversão de aquecedores de água à gás (GLP para GN).

O Case consiste na criação de oportunidade de melhoria na instalação e conversão de aquecedores de água a gás com qualidade, segurança e até mesmo com inovação tecnológica. O objetivo é obter ganhos em termos de controle, especificação, padronização, ensaio, montagem, processo produtivo, facilidade de instalação e redução de itens e custo, associados à preservação do meio ambiente.

Diante do crescimento das instalações de aquecedores que utilizavam GLP e passaram a utilizar gás natural, fica evidente a necessidade de estabelecermos medidas corretivas e atualizadas para conversão dos aquecedores de água a gás de maneira padronizada. O objetivo é reduzir a ocorrência de atendimentos em campo ou retrabalho.

Visa a mitigar as condições inseguras por meio da elaboração de procedimentos e manuais para ser adotados na conversão dos vários tipos de aquecedores de água disponíveis no mercado.

Aplicação de treinamentos para divulgar e conscientizar o maior número de técnicos com relação às informações desenvolvidas em parceria com os fabricantes e ensaiadas por laboratórios, validando os resultados, sobre as melhores condições de instalação e conversão dos aquecedores, criando multiplicadores.

O grande benefício está no alinhamento, junto aos fabricantes dos aquecedores de água a gás, para que a conversão do aparelho para funcionamento com outro gás passasse a ser realizada apenas com a troca dos componentes principais do circuito de queima, responsáveis pelas características técnicas do produto. Não mais haveria a necessidade da troca de todo o conjunto que contemplava peças estruturais comuns ao uso dos dois gases, que muitas vezes não precisavam ser substituídas. Tal prática ocorria e funcionava bem para aparelhos novos sem uso, pois o fabricante, ao realizar a conversão dos aparelhos no cliente, trocava o conjunto como um todo, retornando à fábrica e incorporando as peças retiradas ao estoque. Dessa forma tornou-se mais competitivo frente a outras fontes de energia, menor custo e de fácil penetração no mercado nacional.

Conseguimos mitigar as condições inseguras e melhorar a conversão de vários tipos de aquecedores.

Prêmio Prata: SENAI – Escola Orlando Laviero Ferraiuolo – elaborado em conjunto com a Sanhidrel Instalações.
Titulo: Treinamento de pessoas como ferramenta para a competitividade das empresas da cadeia produtiva da construção civil.

Este trabalho aborda a transformação da filosofia gerencial na Cadeia Produtiva da Construção e suas conseqüências na forma de elaborar e executar um treinamento operacional. Estas transformações têm levado a um aumento da importância da "função produção" dentro das empresas do setor da construção. Esta nova visão leva a uma mudança da forma da empresa considerar o treinamento.
Nesta nova forma, o treinamento da mão-de-obra operacional sai do foco apenas operacional para um enfoque mais estratégico. Para verificar que esta nova visão é compatível com as empresas do setor, é apresentado um caso de uma empresa de sucesso do setor de construção civil que utiliza uma estrutura de treinamento para alavancar sua competitividade. O caso apresentado mostra que é possível, mesmo para empresas da Cadeia Produtiva da Construção Civil, que o treinamento seja usado como uma ferramenta para auxiliar na obtenção da competitividade.


CATEGORIA: SEGURANçA DO TRABALHO NA EXECUçãO DE ISNTALAçÕES

Prêmio Ouro: Liquigás
Título: Qualitest - Teste de vazamentos em tanques transportáveis de GLP (Gás Liquefeito de Petróleo).

Comumente as empresas de comercialização e distribuição de GLP (Gás Liquefeito de Petróleo) a granel reutilizam os recipientes em suas centrais, até mesmo em novas instalações. Este fato tem gerado índices preocupantes de problemas relacionados com vazamentos de gás tendo como conseqüências custos com re-trabalhos, comprometimento da segurança da instalação e a insatisfação dos clientes.

O QUALITESTE é um procedimento para teste de vazamentos de gás, efetuado em recipientes reutilizáveis transportáveis abastecidos no local e comercialmente conhecidos como P190 (armazenam cerca de 190 kg de GLP), para detecção de vazamentos nos seus componentes antes de sua instalação nos clientes. Neste caso, denominam-se de P190 reutilizáveis, todos os recipientes de GLP que já foram instalados, utilizados e desmontados de clientes diversos e que retornam ao mercado em novos negócios. Diante do elevado número de vazamentos nos componentes do enxoval do P190 reutilizado e visando a segurança e a plena satisfação de nossos clientes, a Liquigás implementou o QUALITESTE para garantir a conformidade da segurança do recipiente em suas instalações.

Prêmio Prata: Comgás
Título: Dispositivos para trabalho em locais elevados.

Em decorrência da diversidade de situações encontradas no programa casas da Comgás, foi identificada a necessidade de criação de dispositivos com flexibilidade para aplicação em diversas tipologias de casas (cada casa é um caso particular).

Foram desenvolvidos, internamente, dispositivos para instalação de sistemas de ancoragem de linha de vida, linhas de sustentação, linhas de amarração, niveladores e fixadores de escadas, bem como empresas para a sua confecção. O case também incluiu treinamento dos participantes e auditorias em campo para verificação da aplicabilidade das técnicas envolvidas.


CATEGORIA: TECNOLOGIA APLICADA NA EXECUçãO DE INSTALAçÕES – FABRICANTES

Prêmio Ouro: Mopa – elaborado em conjunto com a Construtora Adolfo Lindemberg
Título: Servcenter Cal - novo conceito de instalação de tomadas em edifícios residenciais com piso elevado.

A utilização do piso elevado monolítico em edifícios residenciais permitiu que fosse alterado o sistema de instalação de pontos de tomadas de elétrica, voz, imagem e dados, transferindo-os da parede para o piso, através do uso de caixas próprias p/ tal, simplificando de modo significativo a execução do processo de instalação 
O desenvolvimento do projeto da CAIXA DE TOMADAS CAL possibilitou:
- utilização de matéria prima, adequada com o ambiente onde serão aplicadas
- possuir design funcional, seguro e decorativo
- possuir facilidades que privilegiassem a funcionalidade e a segurança, para os usuários
- facilitar as alterações de layout, comuns em habitações residenciais, sem necessidade de obras civis
- dotar a habitação de um sistema de instalação para os pontos de elétrica, voz, imagem e dados, plug-and-play, que além de facilitar a instalação inicial, permitisse após a instalação, modificações e deslocamentos dos pontos, sem a necessidade de profissional especializado
- facilidade e rapidez na instalação, economia de tempo de 85% e de materiais de 30%.
- não necessidade de máquinas/ferramentas especiais.


CATEGORIA: TECNOLOGIA APLICADA NA EXECUçãO DE INSTALAçÕES – FABRICANTES EM CONJUNTO COM EMPRESAS INSTALADORAS

Prêmio Ouro: Comgas – elaborado em conjunto com Haenke tubos Flexíveis, Ledni Indústria e Comércio, Metalnac Metalúrgica e a Sociedade Paulista de Tubos Flexíveis.
Título: Adequação às mudanças por meio da melhoria contínua no tubo flexível e conexões para fogão.

O Case consiste no aperfeiçoamento dos tubos flexíveis e dos adaptadores destinados à instalação de fogão. Buscou-se uma melhoria para o acompanhamento das mudanças introduzidas pelos fabricantes de fogão.

Diante do crescimento do número de clientes com fogões ligados à rede de distribuição de gás natural da Comgás, fica evidente a necessidade de estabelecermos medidas corretivas e atualizadas no sentido de definir um novo padrão de tubo flexível e adaptator. A solução apontada no Case visa a estabelecer condições técnicas que possibilitem a elaboração e implementação de especificações, condições de ensaios e requisitos que resultem em um incremento de qualidade, facilitando a solução para problemas encontrados em campo. Além disso, também se pretende estabelecer formas de controle do processo produtivo do tubo flexível e adaptador, bem como a realização de ensaios em laboratório e a redução de itens e custos. Com isso, espera-se mitigar as condições inseguras, proporcionando conforto e segurança ao cliente, além de preservação do meio ambiente. Como se pode observar, os ganhos são elevados:

  • padronização, forma de utilização, facilidade de montagem e parceria com fabricantes de fogões;
  • melhores volumes e condições de produção , e processo, redução de custo, maior penetração no mercado;
  • redução nos atendimentos de campo e reclamações, melhoria de qualidade e redução de massa;
  • fogão próximo da parede evitando forçar o flexível, controle pelo sistema de etiquetagem do INMETRO;
  • novas tecnologias, preservação do meio ambiente e imagem externa da empresa como inovadora.

O Case orienta a melhor prática na execução das instalações por meio da união de conhecimentos e idéias dos profissionais que atuam na construção civil. Com isso, obtêm-se soluções harmônicas e seguras que viabilizam a disseminação do uso do gás natural em uma grande variedade de equipamentos, bem como modernas práticas construtivas com alto grau de avanço tecnológico.

Prêmio Prata: Comgas – elaborado em conjunto com o Grupo Dema Brasil
Título: A procura de novos materiais.

O Grupo Dema, empresa de vanguarda tecnológica em sistemas de condução de fluidos na América do Sul, desenvolve e produz ampla gama de sistemas metálicos e sintéticos para a condução de água, gás, drenagens,aquecimento e uma extensa variedade de fluidos industriais. Através de sua pesquisa e desenvolvimento para condução de gás, verificou que o mercado estava necessitando de produtos que agilizassem a mão-de-obra,sem riscos de vazamento e sem problemas de corrosão para a condução perfeita e segura do gás.

Com isso, o Grupo Dema desenvolveu um produto no qual a principal característica do aço, a resistência, foi mantida, e a estanqueidade e proteção contra corrosão foram conseguidas com a utilização do polietileno. Com essa autoridade e experiência, o Grupo Dema desenvolveu Sigas Termofusão®, o primeiro sistema para distribuição interna de gás produzido em aço e polietileno com união por termofusão.

Prêmio Bronze: Tupy – elaborado em conjunto com a Construtora Fontana.
Título: Utilização de conexões mecânicas por compressão, denominadas Tupypres, em redes de prevenção e combate a incêndios por hidrantes.

A Tupy fundições em parceria com a Construtora Fontana, de Criciúma, desenvolveu um trabalho conjunto com objetivo de encontrar alternativas que permitissem redução de custos e agilizasse os trabalhos de execução das instalações de hidrantes em edifícios residenciais. Para isso foram avaliadas as conexões da linha TupyPres, cujo sistema inovador de acoplamento se mostrou uma excelente alternativa aos sistemas tradicionais. Isso foi confirmado pelo fato da linha Tupyres permitir uma instalação mais rápida e simples, com encaixe perfeito e estanque, representando economia e segurança para a obra.

 
 

 

FOTOS

 

VENCEDORES

 

VÍDEOS

 
  Vencedores do 11º Prêmio Vídeos do 11º Prêmio  
Fotos do 10º Prêmio Vencedores do 10º Prêmio Vídeos do 10º Prêmio
Fotos do 9º Prêmio Vencedores do 9º Prêmio Vídeos do 9º Prêmio
Fotos do 8º Prêmio Vencedores do 8º Prêmio Vídeos do 8º Prêmio
Fotos do 7º Prêmio Vencedores do 7º Prêmio Vídeos do 7º Prêmio
Fotos do 6º Prêmio Vencedores do 6º Prêmio Vídeos do 6º Prêmio
Fotos do 5º Prêmio Vencedores do 5º Prêmio  
Fotos do 4º Prêmio Vencedores do 4º Prêmio  
Fotos do 3º Prêmio Vencedores do 3º Prêmio  
Fotos do 2º Prêmio Vencedores do 2º Prêmio  
Fotos do 1º Prêmio Vencedores do 1º Prêmio